ASCOBOM E ÁMEM ENCAMINHARAM PARA A COMISSÃO DE MINAS E ENERGIA SOLICITAÇÃO COBRANDO PONTOS IMPORTANTES SOBRE A TRAGÉDIA DE BRUMADINHO.

Fonte: Portal das Gerais

A Ascobom e a ÁMEM encaminharam na tarde desta última terça-feira dia 05/02/2019 para a Comissão de Minas e Energia da ALMG presidida pelo o Deputado Estadual João Vitor Xavier uma solicitação para que seja cobrado das autoridades competentes exames laboratoriais mais detalhados a foi que apresentado pela Mineradora da Vale já que as declarações da mineradora sobre a qualidade dos rejeitos não são confiáveis para garantir a saúde dos moradores bem como dos militares do Corpo de Bombeiro que tiveram contato direto com os rejeitos no resgate das vítimas e que se comprovado algum tipo de contaminação que garantam um tratamento adequado aos militares.

Outro pedido foi feito no sentido de que a Mineradora da Vale garanta o ressarcimento aos militares das despesas com fardamentos que foram empregados nas buscas das vítimas.

EXCELENTÍSSIMO DEPUTADO ESTADUAL POR MINAS GERAIS, SENHOR JOÃO VÍTOR XAVIER

Associação dos Servidores do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar de Minas Gerais – ASCOBOM e Associação dos Militares Estaduais Mineiros – ÁMEM, Entidades de Classe representativas dos militares do Estado de Minas Gerais, Pessoas Jurídicas de Direito Privado, Respeitosamente vem à presença de V. Sa para expor e ao final Requerer:

Com atenção temos acompanhado o profícuo trabalho realizado por Va Exa., o que nos traz orgulho em ter no nosso Legislativo pessoas com vosso grau de comprometimento e seriedade com a coisa pública.

Com atenção temos acompanhado também os desdobramentos da tragédia na cidade de Brumadinho-MG, com envolvimento direito de centenas de irmãos de farda nas equipes de busca, salvamento e localização de corpos.

Como é público e notório, o local é insalubre e com suspeita de elementos químicos contaminantes e que já provocaram reações de náuseas e vômito entre os socorristas.

A empresa mineradora anunciou análise laboratorial do rejeito despejado, mas pela situação e tudo que envolve não sabemos se o resultado será o real ou se a amostra colhida é de fato do local.

Assim, por tudo que envolve as condições de trabalho desde que as operações iniciaram e sabendo do compromisso de V.Exa. com a transparência, com o meio ambiente e com a coisa pública, vimos, por meio deste documento Requerer ajuda do Legislativo, por meio da gestão de V.Exa., no sentido de impor também o exame laboratorial por meio do poder público para que a sociedade mineira e sobretudo os interessados de forma direta, tenham acesso à verdade real sobre a contaminação ou não do local das operações.

Da mesma forma requeremos ainda a ajuda de V.Exa. no sentido de se verificar, no âmbito político e humanitário, de uma ajuda financeira da empresa mineradora aos militares envolvidos na operação, sobretudo para a questão do fardamento e higiene gastos em profusão.

Na oportunidade nos colocamos à disposição para o que for necessário, sobretudo a divulgação de todos os contatos e de todo o trabalho realizado por vosso gabinete e ainda de necessários levantamentos para a devida ação parlamentar.

Belo Horizonte, 05 de Fevereiro de 2019

Atenciosamente,

ASCOBOM – Associação dos Servidores do Corpo de Bombeiros e Policia Militar de Minas Gerais.

ÁMEM-MG – Associação dos Militares Estaduais de Mineiros.

Compartilhe e promova o associativismo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *