BAHIA: Salvador tem 11 roubos e furtos de carro por dia

Fonte: Correio

Na concessionária, um Toyota Corolla custa, no mínimo, R$ 89 mil – falando do modelo mais simples possível. Imagine a situação: a pessoa se esforça, junta o dinheiro e compra o tal carro. Só que aí vem um cidadão e leva o veículo. Não satisfeito, ele revende por R$ 1,5 mil. Com esse valor, o dono original só compraria, segundo o site oficial do fabricante, o kit farol de neblina do carro.

O cidadão da história, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), existe, tem nome e sobrenome. De acordo com a polícia, é Felipe Ribeiro Bahia, 26 anos, apontado como o maior assaltante de veículos de Salvador. Integrante de uma quadrilha especializada nesse tipo de crime, Felipe foi preso no último sábado por mais de 200 roubos somente no último ano.

Entre janeiro e fevereiro deste ano, foram 1.130 roubos e furtos de veículos em Salvador – uma média de 19 por dia. “Nós identificamos a quadrilha dele por roubos na Boca do Rio. Eles contribuíram – e muito – para esse índice de carros roubados diariamente”, aponta Tânus.

É quase como se Felipe e seu grupo tivessem cometido todos os roubos a carros de Salvador por dez dias. Já entre 1º de março e 7 de maio, houve uma redução: o número de crimes por dia caiu para 11, segundo dados da SSP-BA. Foram 775 nesse período.

Compartilhe e promova o associativismo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *